Blogagem Coletiva - Amor

>> quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Bom dia :D

Hoje o blog "Meu Cantinho" da amiga Cíntia, faz 2 aninhos e ela resolveu comemorar com uma blogagem coletiva com o tema AMOR! Parabéns Cíntia, que a cada dia seu blog tenha mais e mais sucesso, e que você e sua família sejam sempre muito felizes e abençoados por Deus!
Essa é a primeira blogagem coletiva que estou participando e espero que gostem da mensagem! Beijo pessoal!

Um gesto de amor!


Um garoto pobre, com cerca de doze anos de idade, vestido e calçado de forma humilde, entra na loja, escolhe um sabonete comum e pede ao proprietário que embrulhe para presente.

- "É pra minha mãe", diz com orgulho.

O dono da loja ficou comovido diante da singeleza daquele presente. Olhou com piedade para o seu freguês e, sentindo uma grande compaixão, teve vontade de ajudá-lo.

Pensou que poderia embrulhar, junto com o sabonete comum, algum artigo mais significativo. Entretanto, ficou indeciso: ora olhava para o garoto, ora para os artigos que tinha em sua loja.

Devia ou não fazer? O coração dizia sim, a mente dizia não. O garoto, notando a indecisão do homem, pensou que ele estivesse duvidando de sua capacidade de pagar.

Colocou a mão no bolso, retirou as moedinhas que dispunha e as colocou sobre o balcão.

O homem ficou ainda mais comovido quando viu as moedas, de valor tão insignificante. Continuava seu conflito mental. Em sua intimidade concluíra que, se o garoto pudesse, ele compraria algo bem melhor para sua mãe.

Lembrou de sua própria mãe. Fora pobre e muitas vezes, em sua infância e adolescência, também desejara presentear sua mãe. Quando conseguiu emprego, ela já havia partido. O garoto, com aquele gesto, estava mexendo nas profundezas dos seus sentimentos.

Do outro lado do balcão, o menino começou a ficar ansioso. Alguma coisa parecia estar errada. Por que o homem não embrulhava logo o sabonete? Ele já escolhera, pedira para embrulhar e até tinha mostrado as moedas para o pagamento. Por que a demora? Qual o problema?

No campo da emoção, dois sentimentos se entreolhavam: a compaixão do lado do homem, a desconfiança por parte do garoto.

Impaciente, ele perguntou:

- "Moço, está faltando alguma coisa?"
- "Não", respondeu o proprietário da loja. “É que de repente me lembrei de minha mãe. Ela morreu quando eu ainda era muito jovem. Sempre quis dar um presente para ela, mas, desempregado, nunca consegui comprar nada”.

Na espontaneidade de seus doze anos, perguntou o menino: - "Nem um sabonete?"

O homem se calou. Refletiu um pouco e desistiu da idéia de melhorar o presente do garoto. Embrulhou o sabonete com o melhor papel que tinha na loja, colocou uma fita e despachou o freguês sem responder mais nada.

A sós, pôs-se a pensar. Como é que nunca pensara em dar algo pequeno e simples para sua mãe? Sempre entendera que presente tinha que ser alguma coisa significativa, tanto assim que, minutos antes, sentira piedade da singela compra e pensara em melhorar o presente adquirido.

Comovido, entendeu que naquele dia tinha recebido uma grande lição. Junto com o sabonete do menino, seguia algo muito mais importante e grandioso, o melhor de todos os presentes: o gesto de amor!

Palavras Escritas por: Autor Desconhecido

23 comentários:

Trainee de Cozinheira 16 de setembro de 2010 10:25  

Me emocionei com a sua história, bjs
Maura

Fla 16 de setembro de 2010 10:34  

Poxa Paula, que lindo.
Fiquei emocionada...
Obrigada por dividir conosco.
Beijos

Barbie Girl 16 de setembro de 2010 10:40  

Que lindo! Realmente amor está nos pequenos detalhes da vida, basta deixá-los fluir.

beijos

Barbie Girl 16 de setembro de 2010 10:41  

Obrigada pela bela participação, estou tão emocionada e feliz ao mesmo tempo! Obrigada mesmo! Beijos

Marli 16 de setembro de 2010 11:37  

Olá amiga!
Estou te mando uma rosa para te fazer um carinho.

..._.;_'.-._
...{`--..-.'_,}
.{;..\,__...-'/}
.{..'-`.._;..-';
....`'--.._..-'
........,--\\..,-"-.
........`-..\(..'-...\
...............\.;---,/
..........,-""-;\
......../....-'.)..\
........\,---'`...\\
.....................\
Cuidado com ela,
Está Cheia de carinho.
Especialmente para você.
Seu texto está lindo.
Marli

Fabiana 16 de setembro de 2010 13:42  

Paula,
Muito linda essa história!
as vezes, queremos surpreender as pessoas queridas, com coisas caras, e de marcas.....e esquecemos do verdadeiro valor.
ótimo para refletir!!!!!
beijos

Renata 16 de setembro de 2010 14:24  

Cheguei a encher os olhos d'agua...hoje tô bem sensível...que lindo texto!

Abraço lindinha!

E o casório? Ve vento em popa?

Jana!!! 16 de setembro de 2010 17:44  

Lindo texto!!!! É de emocionar de verdade...

Perfeito!!!

bjim
Jana
http://janainamechi.blogspot.com/

isabel 16 de setembro de 2010 17:44  

Com gestos bem singelos, podemos demostrar esse sentimento grandioso!
beijinho.

Gina 16 de setembro de 2010 19:31  

Paula do céu! Essa mexeu com todo mundo!
Tem várias lições numa mesma história.
Parabéns!

Socorro Melo 16 de setembro de 2010 21:04  

Oi,

Primeira vez por aqui, e já emocionada. Que mensagem forte e bela. Quantas lições encerram. Uma excelente escolha. Parabéns!

Com amor,
Socorro Melo

orvalho do ceu 16 de setembro de 2010 22:54  

Oi, amiga
DEUS É AMOR...
Desculpe-me ter chegado tarde à festa, estou acamada mas não posso passar sem vir apreciar os convidados (e seus presentes) da Cíntia tão querida.
Que vc seja feliz, amada e abençoada!
Com AMOR fraterno,
BJS

Rachel 16 de setembro de 2010 23:29  

Que lindo Paula!
Muitas vezes por achar que uma outra coisa seria melhor, deixamos de demonstrar o que sentimos, como amamos!!!
Bjuss!!!

Daniana Bittencourt 17 de setembro de 2010 00:40  

O que vale é a intenção!! Simplesmente linda essa mensagem.

Abraços, Daniana
http://cozinhasemdrama.blogspot.com/

ELIANA-Coisas Boas da Vida 18 de setembro de 2010 18:51  

COISA MAIS LINDA ESSA MENSAGEM ,MUITAS PESSOAS DEVERIAM LER E APRENDER UM POUCO COM ESSE GAROTO!!!
QUERIDA OBRIGADO POR ISSO!
BEIJO

Faniquito 18 de setembro de 2010 20:33  

Oii, amiga !!!

Nossa, que coisa mais linda essa estória.


....._.;_'.-._
...{`--..-.'_,}
.{;..\,__...-'/}
.{..'-`.._;..-';
....`'--.._..-'
........,--\\..,-"-.
........`-..\(..'-...\
...............\.;---,/
..........,-""-;\
......../....-'.)..\
........\,---'`...\\
.....................\


Sabe aquelas lembrancinhas de festa infantil ???

Então, eu tb fiz lembrancinhas da festa do Faniquito...2 aninhos !!! hehehe

Fiquei super feliz com sua presença !!!


♥ Apressa-te a viver bem e pensa que cada dia é, por si só, uma vida.♥


Séneca

\o/ Beijinhos \o/

Ana

♫♫ Dançando...dançando ♫♫

Islene Teles 19 de setembro de 2010 06:18  

Bom dia, Paula! Que texto comovente. A lição que ficou para o vendedor fica para cada um de nós. Bjs e ótimo final de semana, tá?

!!!§ÞëëÐ-ßø¥!!! 20 de setembro de 2010 23:44  

bela história...
bom, desculpe-me pelo tempo sem aparecer por aki, na verdade sempre passo, mais, melhor que eu você sabe q ta correria a vida né
te amo
bjux!

Barbie Girl 22 de setembro de 2010 11:46  

Coloquei o link da sua participação no meu cantinho, obrigada viu?!
beijos

Vicentina 23 de setembro de 2010 15:00  

Que lindo Paula, me emocionei...
Bjs

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...